Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dióxido de carbono na atmosfera ultrapassa as 400 partes por milhão

Segunda-feira, 18.05.15

NOAA_March2015.jpg

A Agência norte-americana para os Oceanos e a Atmosfera (NOAA, na sigla em inglês), divulgou recentemente que a concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera atingiu um nível recorde em Março, com a média global mensal a ultrapassar pela primeira vez o patamar das 400 partes por milhão (ppm). 

"Era uma questão de tempo", admitiu Pieter Tans, o coordenador da equipa de cientistas da NOAA que monitoriza as concentrações de gases de efeito de estufa. Este patamar já tinha sido ultrapassado em medições pontuais, como no Ártico, na primavera de 2012, e no Havai, em 2013, mas é a primeira vez que é registado como média global, em resultado de medições em 40 locais distintos.

"Revela que a queima de carvão e de petróleo causou um aumento em mais de 120 ppm nas concentrações de CO2 desde a era pré-industrial, metade da qual desde 1980", disse o cientista. Estes dados estarão certamente no cerne das preocupações da próxima conferencia da ONU sobre alterações climáticas, a COP21, que terá lugar em Dezembro, em Paris. 

Notícias:

Concentração de CO2 na atmosfera bate recorde e preocupa, diz agência

Concentração de dióxido de carbono na atmosfera bate recorde

Concentração de dióxido de carbono na atmosfera bate recorde em março

Dióxido de carbono na atmosfera bateu recorde em março

NOAA: Concentração atmosférica global de CO2 ultrapassa pela primeira vez marco de 400 ppm

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 17:55





calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31