Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Grupo de trabalho da #COP21 aprova rascunho final do acordo climático de Paris

Sábado, 05.12.15

O Grupo de Trabalho Ad Hoc da Plataforma de Durban para uma Ação Reforçada (ADP) acaba de divulgar a versão final da proposta do Acordo de Paris, que irá agora ser avaliada e negociada a nível político ao longo da próxima semana. O documento tem ainda 48 páginas (incluindo anotações) e ainda muitas opções em aberto:

Draft Paris Agreement por Quercus ANCN (ver adenda)

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Quercus às 11:09


1 comentário

De humberto a 08.12.2015 às 13:05

A seguir, uma espécie de repetição especialmente para o estudante que por aqui passou em busca de material para o seu trabalho escolar.


O "efeito de estufa", propriamente dito, não existe na atmosfera. O que existe é um fenómeno físico chamado "Retenção de Calor".

Qualquer substância (sólidos, líquidos ou gases - azoto, oxigénio, árgon, vapor de água, dióxido de carbono, metano, ozono, etc.) aquece quando sujeita a uma fonte de calor (por exemplo o Sol) mas logo que essa fonte de calor deixa de incidir sobre essa substância imediatamente o calor armazenado começa a libertar-se e a substância arrefece.

A estufa, por seu lado, é concebida para aprisionar o calor mesmo depois de a fonte de calor ter desaparecido, algo de que o CO2 não é capaz.

Dizer que existem gases com efeito de estufa (que aprisionam o calor) é atribuir aos gases características que estes não têm. Os gases, como qualquer outra substância, de facto armazenam energia calorífica quando sujeitos a uma fonte de calor (pode ser o Sol durante o dia mas também podem ser os mares ou oceanos durante a noite a aquecer a atmosfera) mas imediatamente a libertam quando deixam de estar sob a influência dessa fonte de calor, não a aprisionam.

Neste aspecto, os gases em nada são diferentes de um qualquer objecto quando exposto ao sol (aquece) e quando deixa de estar exposto ao Sol (arrefece). É apenas a Retenção de Calor em funcionamento.

É também a retenção de calor mas por parte do vapor de água (incomparavelmente mais abundante que o CO2) que explica o facto de qualquer zona litoral ter uma temperatura mais amena que contrasta com as zonas interiores de igual latitude onde há mais acentuadas variações de temperatura.


Relembro: uma estufa é concebida para aprisionar o calor de modo prolongado (mesmo depois de a fonte de calor ter desaparecido) enquanto o CO2 (à semelhança de qualquer outra substância) apenas o retém temporariamente para logo de seguida o libertar.



(clicar em "POST SEGUINTE" para a continuação)


Comentar post





calendário

Dezembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031