Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Juncker alerta: alterações climáticas podem piorar a crise de imigração na Europa

Sexta-feira, 11.09.15

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, alertou recentemente para a absoluta necessidade de se chegar a um acordo climático ambicioso no final do ano, sublinhando que a subida da temperatura do planeta pode piorar a crise de imigração que a Europa enfrenta atualmente.

 

Em declarações no dia 9 de Setembro de manhã, Juncker referiu que 'não há tempo a perder' e que a União Europeia deverá lutar por um acordo ambicioso e não estar disposta a assinar qualquer documento.

 

Numa altura em que milhares de imigrantes entram na Europa vindos do Médio Oriente, despoletando uma crise entre Estados-membros sobre onde poderão ser acolhidos, Juncker alertou que o agravamento das consequências das alterações climáticas poderá piorar ainda esta situação e levar a mais levas de imigrantes que querem escapar a esses cenários.

 

"Estamos a atacar as causas profundas da próxima vaga de migrações nas próximas décadas", disse. "Porque amanhã de manhã, teremos 'refugiados ambientais' e não deveriamos ficar surpreendidos se os primeiros chegarem à Europa".

 

Juncker foi o último político a usar a crise de imigração para sublinhar a necessidade de ação climática. No início da semana, já o presidente francês François Hollande estabeleceu essa correlação, afirmando mesmo que "Nós não teremos centenas de milhares de refugiados nos próximos 20 ou 30 anos, mas sim milhões".

 

Adaptado deste artigo.

Imagem: http://i.telegraph.co.uk

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 15:26


1 comentário

De Humberto a 13.09.2015 às 10:35

«O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, alertou recentemente para a absoluta necessidade de se chegar a um acordo climático ambicioso no final do ano,»

Serão delírios de quem acha que a humanidade influencia o clima global? Não, não são delírios. Faz parte de uma estratégia pessoal bem planeada.


« sublinhando que a subida da temperatura do planeta»

Jean-Claude Juncker não deve ter recebido os últimos memorandos dos mais severos alarmistas que também já admitem que o "aquecimento está em pausa".


«pode piorar a crise de imigração que a Europa enfrenta atualmente.»

Quando alguém (Jean-Claude Juncker neste caso) se quer desresponsabilizar de um problema ou da inacção em corrigir um problema (muitos problemas no caso de África e Médio Oriente) a primeira coisa que faz é apontar o dedo para bem longe de si próprio.


Repito a ideia do que escrevi no meu comentário de 28.08.2015 às 10:34:

As migrações humanas que resultam nas enormes tragédias de que vamos tendo notícias umas atrás das outras resultam das condições de vida a que essas populações estão sujeitas. Condições de vida!

Tentar pôr as responsabilidades num alegado aquecimento global é simplesmente desonesto.

Jean-Claude Juncker prefere atirar as culpas para cima do "aquecimento global" em vez de se fazer Homem e admitir um mea-culpa que partilha com muitos políticos medrosos que preferem fechar os olhos às muitas atrocidades vividas em África e também Médio Oriente só reagindo quando já é tarde de mais e só depois de também o público ficar a saber das atrocidades cometidas...

Assim se vê, mais uma vez, o carácter destas pessoas que pretendem governar a Europa!

Caramba! Acabem com as guerras, acabem com os governos e líderes déspotas, acabem com a exploração e repressão das pessoas que se vêem forçadas a fugir de suas casas, dos seus países e proporcionem-lhes uma oportunidade de vida com dignidade e as migrações acabam.
É apenas senso comum.

Por outro lado, acabem com esse alegado aquecimento global e nada mudará; as migrações continuarão ou até aumentarão de intensidade.


Isto é de deixar uma pessoa furiosa. Vocês aí na quercus deveriam também estar furiosos com Jean-Claude Juncker e outras pessoas que tais que tentam deste modo cobarde esconder os seus graves (se não mesmo moralmente criminosos) fracassos.

Comentar post





calendário

Setembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930