Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Períodos de compromisso de 5 anos: não é apenas um paixão de adolescente!

Quinta-feira, 03.09.15

coracao_partido.jpg

 

 

Há rumores a circular nos bastidores de Bona que alguns países estão a interpretar de forma imprecisa as posições da União Europeia (UE). Aparentemente, uma das principais mensagens que circula é que a proposta da União Europeia para um período de compromisso de 10 anos está a tornar-se uma obsessão, com poucas hipóteses de voltar atrás. As ONG discordam.

 

Não existe legislação em vigor que possa dificultar a adoção de um período de compromisso de 5 anos por parte da UE, mesmo que haja resistência política a partir de certos pontos de vista. A Quercus e as restantes associações de defesa de ambiente europeias têm a firme convicção de que vários Estados-membros reconhecem o mérito em estabelecer períodos de compromisso mais curtos, durante os quais se promove o progresso tecnológico e económico, protege contra a falta de ambição (política), e responde mais rapidamente às consequências cada vez mais graves das alterações climáticas.

 

A decisão da UE sobre a duração dos períodos de compromisso de um acordo internacional para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa será feita por motivos puramente políticos. É de senso comum que as  vontades políticas mudam tão depressa como as paixões de adolescentes. Os países que têm defendido o período de compromisso de 5 anos devem manter forte pressão junto da UE - a janela de oportunidade ainda não está fechada! A legislação que está em preparação tornará esta alteração muito mais difícil, por isso este é o tempo para atuar com determinação e rapidez!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 13:43


1 comentário

De Humberto a 06.09.2015 às 09:25

Segundo este movimento:

http://europeanmovement.eu/a-joint-agenda-for-the-post-2015-agenda-and-cop21-climate-change-conference/

«A regular review and strengthening of mitigation commitments (every 5 years) shall be adopted, with a regular upward correction of the national contributions based on evolving global economic and geopolitical circumstances, to ensure progress to achieve the 2°C target.»

...não há qualquer confusão no que é pretendido. Uma revisão todos os 5 anos com o objectivo de reforçar os sacrifícios elevando cada vez mais e mais a fasquia.


Posição idêntica à vossa:

« mérito em estabelecer períodos de compromisso mais curtos, durante os quais se promove o progresso tecnológico e económico, protege contra a falta de ambição (política),»


Ou seja, períodos mais curtos (5 anos) para mais depressa poderem cair em cima dos países que se relaxem nas ambições.


«e responde mais rapidamente às consequências cada vez mais graves das alterações climáticas.»

Já se deram conta que estamos a escassas semanas de assistir a uma verdadeira alteração climática muitíssimo mais grave e com consequências tremendas a nível global com alterações de temperatura que vão muito além dos vossos fantasiosos 2ºC com a chegada... do Outono e logo, logo a seguir do Inverno ou, no caso do outro hemisfério, com a chegada da Primavera e logo a seguir do Verão.

A passagem das estações do ano são alterações climáticas que não se ficam pelos vossos irrisórios 2ºC!


Aqui têm uma ideia: que tal fazerem campanha e lutarem contra a passagem das estações do ano.

Estando nós em Portugal (hemisfério norte) que tal começarem a fazer campanha contra o Inverno que se aproxima ou, se preferirem, contra a Verão... ou ambos e ficarem só com as estações amenas.

Pensando melhor, é melhor lutarem só por um clima sempre primaveril já que o Outono também daria mau aspecto com aquelas folhas todas a cair e a sujar tudo...


«Os países que têm defendido o período de compromisso de 5 anos devem manter forte pressão junto da UE - a janela de oportunidade ainda não está fechada!»

Nisso estaria eu de acordo se significasse que a cada 5 anos os países pudessem renegociar baixando as metas ou até mesmo desistir do actual acordo sem sofrerem as pesadas sanções ou multas por incumprimento do contrato que irão assinar em Dezembro.
Isto sim, seria fantástico mas, infelizmente, eu estou acordado e não a sonhar e a realidade é tramada assim como qualquer incumprimento de um contrato, e ainda mais a este nível.

5 anos pode parecer muito pouco para alguns mas insistam lá nesses 5 anos! É um favor que fazem às pessoas de todo o mundo. Porquê? Porque é tão certo os elefantes terem orelhas como as surpresas que o clima global trará até 2020 e que só por muita "distracção" apanharão certas pessoas apologistas da teoria do CO2 como o grande vilão desprevenidas em 2020.

Vocês Quercus certamente (já) não poderão dizer "fomos apanhados desprevenidos", "não sabíamos", "também fomos enganados" ou "ninguém nos avisou".

Comentar post





calendário

Setembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930