Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Emissões das 500 maiores empresas continuam a crescer 

Sábado, 31.01.15

Global500_chart.jpg

O relatório “Global 500 Greenhouse Gases Performance 2010-2013”, publicado no final de Dezembro pela Thomson Reuters e pela BSD Consulting, revela que as emissões de gases de efeito de estufa (GEE) das 500 maiores empresas do planeta aumentaram 3,1% no período analisado, em vez de terem registado uma redução de 4,2% de modo a cumprirem as metas do 5º Relatório “Emissions Gap” do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUMA).

O documento aponta, também, que estas 500 empresas são responsáveis por 10% das emissões globais de GEE, e que, 79% destas emissões são da responsabilidade das 50 maiores empresas. “A conclusão do relatório é que o aumento da consciência dos dados globais de GEE pode promover a transparência, inovação e uma melhor compreensão entre as empresas e as partes interessadas que podem levar a novas reduções das emissões", considera John Moorhead, gestor executivo da BSD Consulting e co-autor do relatório.

Já Tim Nixon, director de Sustentabilidade da Thomson Reuters, outro responsável pelo documento, considera que os resultados não devem sensibilizar apenas as empresas. “Embora esperemos que este relatório acelere a discussão sobre a redução de GEE entre as empresas do Global 500, é importante lembrar que, como consumidores globais da indústria, todos nós desempenhamos um papel nessa conversa.” [ver relatório em PDF]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 20:30

Sandra Cóias, Francisco Ferreira e João Joanaz de Melo lançam alerta para as alterações climáticas

Quarta-feira, 28.01.15

YEARS OF LIVING DANGEROUSLY 30' - ODISSEIA from AMC Networks International.

Coincidindo com a estreia da série Years of Livening Dangerously (Anos a Viver Perigosamente), vencedora do Prémio Emmy para Melhor Série Documental de 2014 e que conta com a participação de inúmeras personalidades internacionais, o Odisseia convidou três figuras portuguesas para protagonizarem peças com o objetivo de consciencializar os espectadores para questões relacionadas com as alterações climáticas.

A atriz Sandra Cóias, defensora de  causas ligadas à proteção de animais e ambiente; Francisco Ferreira, professor universitário e ativista da Quercus que tem participado nas negociações das Nações Unidas sobre alterações climáticas, e João Joanaz de Melo, professor de Engenharia do Ambiente e investigador na área de eficiência energética e políticas de sustentabilidade (vídeo já disponível), são as três personalidades que se associaram ao canal, alertando para a necessidade de proteger o planeta.  

João Joanaz de Melo from AMC Networks International.

Produzida por James Cameron, Jerry Weintraub, Arnold Schwarzenegger, Daniel Abbasi, Joel Bach e David Gelber, com a participação de figuras de destaque como Matt Damon, Harrison Ford, Jessica Alba, Michael C. Hall ou Thomas L. Friedman e vencedora do prestigiado Prémio Emmy para Melhor Série Documental de 2014, Years of Living Dangerously, que o Odisseia estreia em exclusivo, hoje, dia 28 de janeiro, conta a história mais importante do nosso tempo: a das alterações climáticas e do seu impacto na população.

Até dia 25 de março, todas as quartas-feiras, pelas 22h30, o Odisseia percorre o mundo para conhecer in loco as pessoas que enfrentam os efeitos das alterações climáticas e mostrar os esforços levados a cabo por indivíduos, comunidades, empresas e governos com o objetivo de encontrar soluções para o problema.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 17:35

Estreia hoje no Canal Odisseia: "Years of Living Dangerously"

Quarta-feira, 28.01.15

SerieOdisseia.jpg

O Odisseia mostra-lhe a partir de hoje um novo olhar sobre as alterações climáticas na nova série "Years of Living Dangerously" (Anos a Viver Perigosamente), que tem estreia exclusiva neste canal às 22h30. A série de nove episódios, vencedora de um Emmy, é produzida por James Cameron, Arnold Schwarzenegger e Adam Bolt. 

"Pela mão de grandes figuras do jornalismo, do cinema e da televisão como Matt Damon, Harrison Ford, Arnold Schwarzenegger, Jessica Alba, Michael C. Hall ou Thomas Friedman, percorremos o mundo para conhecer no terreno as pessoas que enfrentam os efeitos da mudança climática e mostrar os esforços levados a cabo por indivíduos, comunidades, empresas e governos para encontrar soluções para o problema."

YEARS OF LIVING DANGEROUSLY 40' - ODISSEIA from AMC Networks International.

Produzido pela AMC Networks International – Iberia, o Odisseia é distribuído em todos os operadores da televisão por cabo: NOS, Meo, Cabovisão e Vodafone PT.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 17:14

"Contamos contigo" para o sucesso da COP21

Quinta-feira, 22.01.15

Conheça o videoclip oficial da COP21, a Convenção-Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas (UNFCCC), que terá lugar em Paris entre 30 de Novembro e 11 de Dezembro de 2015. Saiba mais na página oficial, disponível em francês, inglês e espanhol.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Quercus às 20:30

Projeto ClimAdaPT.Local: Investigadores, empresas, autarquias e Secretário de Estado do Ambiente juntos no debate sobre o futuro da adaptação local às alterações climáticas em Portugal

Quinta-feira, 15.01.15

climadaPT_logos_cabecalho.png

Decorreu esta manhã, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa, o seminário de lançamento do projeto ClimAdaPT.Local – Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas. Este seminário contou com a participação de vários especialistas no tema, bem como representantes das 26 autarquias que assinaram o protocolo de parceria com o consórcio do projeto ClimAdaPT.Local. A sessão de encerramento contou com a intervenção do Secretário de Estado do Ambiente, Paulo Lemos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 19:00

Portugal atingiu valor recorde do século na produção de eletricidade renovável e de emissões de CO2 evitadas (13 Mton)

Domingo, 11.01.15

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza e a APREN – Associação Portuguesa de Energias Renováveis mostram como o investimento em fontes de energia renovável é vital para a independência económica e energética do País, para além do respeito pelos compromissos climáticos internacionais. Os valores apresentados tiveram por base os dados de produção de eletricidade em Portugal Continental, em 2014, publicados pela REN – Redes Energéticas Nacionais em Janeiro de 2015.

grafico_renovaveis1.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 20:00





calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




subscrever feeds