Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A China apresentou o seu compromisso para o novo acordo de Paris

Quarta-feira, 01.07.15

China apresentou o seu compromisso nacional (da sigla em inglês, INDC) que todos os países deverão submeter até ao início da COP21. O compromisso do governo chinês inclui reduzir a intensidade de carbono entre 60-65% até 2030, com base no valor de 2005, atingindo o pico de emissões em 2030. Neste compromisso também consta a intenção de aumentar a quota de produção de energia de baixo carbono para 20% até 2030. Contas feitas a China compromete-se a reduzir as suas emissões entre 2-13% até 2020, com base em 2005. E entre 16-32% até 2030, com base em 2005.

Para a CAN e os seus membros este anúncio por parte da China é muito importante pois é o primeiro grande emissor dos países em desenvolvimento que estabelece uma meta para o pico de emissões. Ao fazer isso, a China comprometeu-se tanto com a segurança climática global como com uma transição energia transformadora em casa. É de ressalvar o facto da China ter assumido compromissos para além da sua responsabilidade comum como país em desenvolvimento. Desta forma é espectável que a China irá continuar a encontrar maneiras de as suas emissões, que por sua vez conduzam a mercados globais de energias renováveis e eficiência energética.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 15:56





calendário

Julho 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031




subscrever feeds